segunda-feira, março 27, 2006

Mais um começo

É o dia que passa muito rápido, e não ele que dorme demais. Pelo menos, prefere pensar assim. E acorda depois do sono mal dormido já lembrado de tudo aquilo que ouviu. Bom e ruim, poderia ser, mas seus ouvidos consideraram tudo como positivo. Algo que não pode ser negado, não se nega. E ponto. E assim, decide prosseguir. E começar tudo denovo. Não quer pensar se vale a pena, muito menos no que tudo isso pode terminar. Apenas quer tentar, pela enésima vez, de forma diferente. Quem dera não fosse tão teimoso, e quem dera não quisesse tanto. Mas como é inevitável, abre o peito. E espera? Não, não dessa vez. Entrar no ritmo da dança, as vezes, é muito complicado. Principalmente quando se dança a dois.



"And I saw you But that's not an invitation That's all I get If this is communication I disconnect I've seen you, I know you But I don't know How to connect, so I disconnect"

Um comentário:

private tortures.. disse...

Estima-me a forma com a qual escreves.