quarta-feira, agosto 09, 2006

Saudade demais, num dia de menos.
Um vento frio, levemente frio, que eriça os pelos.
Um sol tímido, quase escondido.
Um sorriso amarelo, quase não sorrindo.

Me sinto avulso. Perdido dentre as sensações de um clima nada seguro.
Me sinto longe, de mim. De ti.

E toda essa saudade me faz sentir gelado.
O coração desacelera.

Quem sabe tuas palavras tornem tudo mais veloz.
Quem sabe...

Um comentário:

sabe como? disse...

"avulso" é a palavra que mais cabe. em mim, também. ou "aleatória".